sexta-feira, novembro 05, 2010

AO = Acordo Otário

Eu até sou a favor da mudança, que sou. Não acharia nada boa ideia que se continuasse a escrever pharmácia e coisas assim.

Como é óbvio, a evolução da língua é necessária e inevitável e a escrita deve acompanhar a oralidade - não o contrário. Mas será que todas as alterações que o Acordo Ortográfico traz fazem sentido?
Faz algum sentido que "pára" passe a "para"?! Para mim não, até porque neste caso, a escrita está a afastar-se da oralidade...
Já para não falar das incongruências, das quais a minha preferida é o "cor de laranja" e o "cor-de-rosa". Alguém me explica por que é que um perde os hífens e o outro não?!
O excelentíssimo professor Málaca Casteleiro diz que a diferença deriva do uso. Só se for do uso que ele lhe dá...

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.